12 tipos de acidentes domésticos mais comuns a crianças

Acidentes domésticos, por mais que não pareça, é algo muito grave para qualquer pessoa, principalmente para crianças e pode ser fatal, por isso trazemos 12 tipos de acidentes mais comuns a crianças.

Para impedir que aconteçam acidentes domésticos, nada melhor que saber quais são os tipos mais comuns e a prevenção adequada para acidentes infantis.

Os 12 tipos mais comuns de acidentes com crianças e sua prevenção

1.Asfixia por ingestão de objetos ou brinquedos

A asfixia por objetos é o acidente doméstico mais comum que pode acontecer com crianças, especialmente as que tiverem menos de 9 anos.

Especialistas em psicologia infantil recomendam não deixar pequenos objetos ao alcance das crianças, porque poderá ser fatal.

Não dê brinquedos que são contraindicado a idade dos pequenos e muito menos aqueles que não estão certificados pelo INMETRO, ou mesmo produtos como selo falsificado.

2.Asfixia por alimentação

A asfixia por alimentação em crianças também entra para o quadro dos acidentes domésticos mais comuns.

Recentemente, um menino com cerca de 1 ano morreu por ingerir uva.

Ou seja, temos de tomar cuidado ao dar algumas frutas ou mesmo grãos para crianças muito pequenas comer.

Fora que algumas crianças usam esses alimentos como brinquedo ao introduzi-los no nariz e até nos ouvidos causando infecções.

3.Asfixia por amamentação

A amamentação é um cuidado da mãe para com seu filho, mas até nessa hora todo cuidado é pouco.

São vários os casos de asfixia por leite materno, geralmente pelo volume ingerido ser em excesso ou em casos em que a mãe deita o bebê antes de fazê-lo arrotar.

Para evitar esse tipo de asfixia, coloque o bebê de barriga para cima ao deitá-lo depois de ouvir o seu “arrotinho”.

Não os coloque de lado quando for dormir após a amamentação.

4. Acidentes por Sufocação

Sufocação é outro acidente doméstico comum e que pode ser fatal levando a criança a morte, quando a criança fica sem respirar por alguma circunstância.

A sufocação pode acontecer com objetos inimagináveis como cobertores, lençóis, protetores e, claro, os famosos sacos plásticos.

Evite colocar cobertor demais em seu bebê e deixe os sacos plásticos longe das crianças!

5.Intoxicação alimentar com crianças

A intoxicação alimentar em crianças é um dos maiores números em acidentes domésticos em muitos hospitais.

Esse tipo de intoxicação é proveniente de alimentos que dão alergia ao seu filho ou rejeição pelo seu organismo.

Por mais que pareça algo pequeno, pode levar a criança a morte!

Se seu filho tem alergia a algum alimento ou descobriu através de uma intoxicação inesperada, tome cuidado redobrado com o risco dele consumir tal alimento, se possível leve em um alergologista par descobrir tipos de alergia que ele pode ter.

Para intoxicações alimentares inesperadas, leve seu filho ao médico imediatamente.

6.Intoxicação por produtos químicos

A intoxicação por produtos químicos pode ocorrer pelo descuido dos pais ou outros responsáveis pela criança.

Quando a criança é pequena, ela confunde produtos de limpeza, por exemplo, com algo alimentício como sucos de frutas.

Para que isso jamais ocorra, deixe os produtos de limpezas e outros produtos químicos (e não ingeríveis) longe das crianças.

7.Intoxicação na higiene pessoal das crianças

Similar ao tópico anterior, também temos a intoxicação na higiene pessoal.

Isso acontece quando, ao fazer a higienização na criança, esta ingere o produto ou sente alergia em sua pele.

Quando for dar banho em seu pequeno ou escovar seus dentes, por exemplo, tome cuidado para que a criança não ingira o produto.

Caso tenha dado uma alergia inesperada na pele da criança, suspenda o uso do produto e leve-a imediatamente para um médico.

8.Quedas e tipos de acidentes domésticos com crianças

Já dizia aquele ditado: quem não cai, não aprende a se levantar, mas no caso de crianças devemos evitar descuidos.

As quedas consideradas acidentes domésticos são perigosas aos pequenos, envolve cair de escadas, janelas de edifícios ou qualquer local alto como muros ou muretas.

Isso é tão perigoso que pode levar a morte das crianças, conforme cita o site criança segura.

Por isso, coloque tela de proteção nas janelas de sua casa ou apartamento, sempre oriente seu filho a tomar cuidado ao subir e descer escadas, além de não brincar em muros ou qualquer local muito alto.

9.Afogamentos e prevenção de acidentes com água

Um dos acidentes mais perigosos que pode acontecer com uma criança é o afogamento.

Isso pode ocorrer em piscinas residências ou mesmo banheiras, (dependendo do tamanho da criança) , por exemplo.

Para isso, sempre fique de olho em seu filho e o oriente a não se aproximar desses locais quando não autorizado.

10.Queimaduras e riscos para as crianças

Outro perigo para as crianças em relação aos acidentes domésticos são as queimaduras.

Esse acidente também pode ser fatal, pois pode gerar cicatrizes que ficaram em seu corpo pelo resto da vida ou mesmo levar a criança a morte.

As queimaduras ocorrem mais na cozinha, por isso, especialistas recomendam que as panelas tenham o seu cabo voltado para trás e para dentro, ficar atento ao forno e fogão ligados e evitar que seu filho aproxime.

11.Objetos afiados ou cortantes

Os objetos cortantes e afiados fazem parte da rotina do nosso lar, se tornando comum esquecermos os riscos deles.

Para isso, guarde todos os objetos perigosos em lugares bem fechados como gaveta com chave, por exemplo.

Esse acidente pode provocar danos irreversíveis como riscos de perfuração dos olhos, amputação de membros e até ser fatal

12.Choques elétricos

Similar ao tópico das queimaduras, os choques elétricos, além de ser um acidente doméstico comum, ainda pode levar a criança a morte em questão e segundos.

Por isso, é de bom grado examinar a fiação da casa, tomar cuidado com muitos aparelhos ligados ao mesmo tempo, igualmente, quando esses aparelhos estiverem em funcionamento, mantê-los longe do alcance das crianças e ter protetor nas tomadas da casa.

Oriente seu filho a não colocar dedo na tomada e a tomar cuidado ao lidar com a fiação de aparelhos em funcionamento.

Conclusões:

Crianças requerem uma atenção diferenciada para evitar que se acidentem, seja em ambientes externos ou internos da casa, por isso palestras para SIPAT Online ou Virtual servem para alertar os pais sobre a prevenção de acidentes em casa.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin

Siga-nos

Leia Mais Sobre SIPAT