Importância dos EPIs: Salve sua vida se protegendo!

importância dos EPIs

Muitas vezes, negligencia-se a importância dos EPIs nas empresas e indústrias. EPIs são equipamentos de proteção individual. Independente da quantidade de campanhas de conscientização e palestras nos locais de trabalho sobre equipamentos

Dessa forma, mesmo sendo um tema super tradicional, nunca deixa de ser falado. E, com razão, uma vez que parte dos funcionários encara esse tema como bobagem.

EPIs mais comuns

É evidente que existem diferentes tipos de setores que utilizam diferentes tipos de EPIs. Mas, alguns são bem comuns ao redor do Brasil e são vistos em várias empresas. Em geral, os mais utilizados são:

  • Luvas, máscaras, óculos e calçados de proteção;
  • Aventais e respiradores;
  • Protetores auditivos com plug e concha;

Independente do seu setor, todo tipo de negócio tem seus equipamentos de proteção. Pensando em larga escala e entendendo que você não é o único a utilizar, fica mais fácil.

Assim, mesmo sendo um pouco chato, pense nisso: além de ser para a sua própria segurança, todos têm que usar também.

Importância dos EPIs: conscientizando seus colaboradores

Do ponto de vista do gestor e da empresa, seu papel é fundamental. Apesar de não poder fazer tudo, a conscientização parte dali. Além disso, o exemplo também parte do time de gestão do local de trabalho em questão.

Os funcionários não darão a devida atenção à importância dos EPIs se seus gestores não agirem assim primeiro. Assim, mesmo não podendo fazer tudo, os líderes podem:

  • Investir em campanhas sazonais de conscientização;
  • Utilizar de forma correta os EPIs dando o exemplo diário os seus colaboradores;
  • Não deixar de falar sobre o tema nas palestras obrigatórias da SIPAT;
  • Estimular alertas diários nas dependências da empresa para o uso.

Assim, a partir do exemplo e da repetição, é possível reforçar a importância dos EPIs. O time de gerência pode, portanto, amenizar o uso indevido ou falta de uso a partir das formas citadas.

Conscientizando os próprios colegas sobre a importância dos EPIs

Agora, a partir do ponto de vista do colaborador, as medidas são outras. É com o contato diário e, por vezes, insistente, que a mudança acontece. Quando um colaborador se nega a utilizar EPIs, cabe aos colegas também fazer esse papel de vigia.

Seja ele o equipamento que for, ver todos os colegas utilizando têm um papel fundamental. Como uma espécie de “movimento em manada”, perceber todos usando e você não, tem um efeito.

Assim, mesmo sem haver brigas, só o exemplo do uso já é essencial. A conscientização da importância dos EPIs pode vir de pequenos alertas, como:

  • Conversas entre os colegas;
  • Utilização de exemplos ruins de acidentes para que haja uma reflexão;
  • Demonstração amigável de como aquele equipamento pode ser útil.

A ajuda vem de falar sobre casos antigos de acidentes ou mostrar a utilidade do dispositivo. Um alerta vindo de um amigo pode ser mais ouvido do que um vindo da gerência. A proximidade e o dia a dia podem causar uma conscientização por repetição.
Por se sentir mais ouvido, o colaborador pode começar a utilizar corretamente os EPIs. Salvando, dessa forma, sua vida e poupando, também, seus colegas de trabalho e sua família.

Compartilhe esse post

Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin

Siga-nos

Leia Mais Sobre SIPAT