NR 37 Resumo – Guia 2024 atualizada da segurança e saúde em plataformas de petróleo

NR 37

A NR 37 é conhecida como uma das normas regulamentadoras. Nesse sentido, a sua função é reduzir o número de acidentes e doenças nas empresas de plataformas de petróleo. Desse modo, preserva os mares e outros setores do ramo em 2024. 

O que é a NR 37?

É uma nova norma que analisa a segurança e a saúde dos servidores nas plataformas de petróleo. Além disso, determina as atividades que exploram e produzem o produto. Ou seja, é voltada para ampliar o setor que mais gera economia no país.

Para que serve?

A NR 37 mantém o ambiente de trabalho seguro. Por isso, a lei precisou aplicar algumas regras para ajudar o processo. Entretanto, as plataformas do exterior estimam que a sua operação dure até seis meses. Algumas das suas funções são:

  • Plano Preventivo;
  • Treinamentos;
  • Prevenção de riscos ambientais;
  • Controle médico.

As empresas tiveram até dezembro de 2019 para aplicar essa norma. Além disso, esteve em discussão por muitos anos. Por fim, as regras devem estar de acordo com a Autoridade Marítima Brasileira.

Aplicação

A NR 37 abrange as plataformas de petróleo. Por atuar nas águas brasileiras, mantém o que é preciso para deixar o local mais seguro. Então, deve ser aplicada por meio desses recursos:

  • Declarar a instalação;
  • Escala Beaufort;
  • Cursos extras;
  • Agir de forma responsável.

Os trabalhadores precisam se comunicar com rapidez com seus supervisores. Ou seja, devem observar as situações de alto risco. Afinal, o aviso estará em todos os meios físicos e digitais.

Fatores que se enquadram

O objetivo principal da norma é eliminar e diminuir os riscos. Dessa forma, as empresas devem seguir cada um desses fatores. Assim, estarão mais seguros para seguir essas atividades:

  • Medidas de controle;
  • Fácil acesso às normas;
  • Estáticas anuais de acidentes e doenças;
  • Representar os trabalhadores.

Com isso, a operadora de contrato cumprirá as regras. Mas, as contas precisam ser prestadas na Auditoria do Trabalho. Em conclusão, devem estar em alerta para evitar riscos mais graves.

Quais os principais pontos da NR 37?

A norma diz que a operadora de contrato precisa cumprir com as suas obrigações. Afinal, é responsável por controlar o acesso da plataforma. Conforme o resumo do NR 37, o fator principal é garantir saúde, segurança, higiene e qualidade de vida. 

Benefícios do uso

Essa norma trouxe muitos pontos positivos para os servidores. Pois, ajudou a introduzir boas práticas. Bem como, novas tecnologias passaram a ter um maior destaque no mercado.

Importância da NR 37

Por causa do seu alto risco, a norma atua em áreas específicas desse setor. Afinal, é preciso destacar que as leis do trabalho, junto com acordos e convenções devem ser seguidas. Ou seja, é importante cuidar da segurança.

Antes da sua publicação

Trabalhar na área do petróleo sempre apresentou altos riscos para os servidores. Como resultado, surgiu a necessidade de criar uma norma específica. No entanto, a proposta para criar a NR 37 demorou vários anos.

Palestra motivacional em ambiente de teatro, onde colaboradores de empresa assistem espetáculo de homem e mulher vestidos de cozinheiro.
Legenda: A NR 37 é uma norma para garantir a segurança, por isso é vital ter um curso na área

Conheça a SUPER SIPAT

A SUPER SIPAT é a empresa ideal para abordar temas sérios de modo leve e descontraído no seu evento. Entre em contato para conhecer mais sobre a equipe e as diversas opções de palestras.

Compartilhe esse post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre

SUPER SIPAT é uma empresa referência em teatro e palestras para SIPAT sobre segurança, saúde e meio ambiente.
Com mais de 1100 eventos realizados, nossa empresa tem atendido todos os segmentos de negócios, tanto no Brasil como américa latina

Posts Recentes

Siga-nos

Super SIPAT

Leia Mais Sobre SIPAT